Central de Conteúdo

Adolescentes de projeto social de Curitiba/PR comemoram formatura com viagem a Campinas/SP para acompanhar jogo da Superliga Masculina de Voleibol

A viagem de formatura de 28 adolescentes do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná promete fechar com chave de ouro um ciclo de muitos aprendizados por meio do esporte. Os alunos, que já atingiram a idade máxima de participação nas aulas de minivôlei (15 e 16 anos), angariaram recursos financeiros durante 2016 por meio da venda de rifas, doces e salgados, e conseguiram planejar um passeio com diversas atrações. Na noite da próxima quinta-feira, 16 de fevereiro, eles saem de ônibus de Curitiba/PR com destino a Campinas/SP, trajeto que durará cerca de 10h. A programação inclui um dos maiores parques aquáticos do Brasil, o Wet’n Wild, um tour pela fábrica da empresa de bebidas Brasil Kirin e um jogo da Superliga Masculina de Voleibol.

A aventura é resultado de muito esforço e dedicação dessa garotada da categoria Super Vôlei do Núcleo Central, em Curitiba, do projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná. Foram eles mesmos quem escolheram o destino da viagem. A primeira parada (17), será no Wet’n Wild e os alunos terão o dia inteiro para se divertir nas grandes áreas de lazer do parque aquático. No dia seguinte (18) pela manhã, eles farão um tour pela fábrica da Brasil Kirin em Itu/SP, conhecerão a história da empresa e o processo de fabricação dos refrigerantes. À noite, a emoção tomará conta durante o jogo entre as equipes Vôlei Brasil Kirin e Montes Claros, time esse que conta, inclusive, com dois ex-alunos do Instituto Compartilhar: os líberos Gian Felipe de Moraes e Guilherme Kachel. Logo após a partida, os alunos retornarão para Curitiba.

A categoria Super Vôlei é uma oportunidade de continuar as atividades do projeto por até mais dois anos. A iniciativa busca contemplar adolescentes que mantém notas boas na escola como forma de incentivar a educação formal. Na categoria Super Vôlei as aulas acabam mais focadas para detalhes técnicos e táticos de jogo, mas sem pretensão de formar atletas. Como contrapartida, eles ajudam como monitores nas aulas dos alunos menores, em eventos organizados pelo núcleo e ainda participam de algumas competições menores não oficiais representando o Compartilhar.

O projeto Núcleos de Iniciação ao Voleibol no Paraná faz parte do programa socioesportivo do Instituto Compartilhar. Com 20 anos de existência completados neste ano, atende cerca de 1,8 mil alunos e alunas em 15 cidades do Estado. O projeto se desenvolve em parceria com o Governo do Paraná - Secretarias de Educação e do Esporte e Turismo – e via Lei Federal de Incentivo ao Esporte a Unilever, a Klabin e apoio da Sanepar.

 

Idealizado pelo técnico de vôlei Bernardinho em 2003, o Instituto Compartilhar tem como missão o desenvolvimento humano por meio do esporte. Com uma metodologia própria, alia o ensino do voleibol com valores para formação do cidadão. Presente em seis estados brasileiros, cerca de 3,5 mil alunos na faixa etária de 9 a 15 anos participam das atividades realizadas no contraturno escolar em núcleos localizados, na maioria, em escolas públicas. Conheça mais em compartilhar.org.br

VOCÊ TEM MAIS DE 18 ANOS?